Coletiva Ocupação (SP)

QUANDO QUEBRA QUEIMA

When It Breaks It Burns

Cuando Rompe Quema

1/2

90 min.

12 anos

Sala Teatro Vila Velha

Sinopse Synopsis sinopsis

QUANDO QUEBRA QUEIMA é um espetáculo ato, festa, levante que acontece próximo ao público transformando e tensionando o espaço da cena a todo momento, como uma manifestação que desloca o real para a cena. A peça, que está na fronteira entre performance e teatro, é uma “dança-luta”, um coro coletivA construído a partir da experiência de luta e afeto de cada performer e sua relação com os espaços em que vivem, 15 corpos insurgentes deslocam para a cena a experiência que tiveram dentro das escolas ocupadas durante meses, criando uma narrativa coletiva e comum a partir da perspectiva de quem viveu o dia a dia deste movimento por dentro e por fora,revivendo o caminho de dentro da sala de aula até as manifestações e ocupações. Usando como ferramenta de luta a arte, no desejo de criar outras perspectivas sobre histórias que são marginalizadas cotidianamente, a ancestralidade é encontrada através da música, canto, teatro, dança, e artes
visuais, gerando uma coletividade que é mais forte vinda de baixo para cima.


WHEN IT BREAKS IT BURNS it's a spectacle, an act, a party, an uprising that happens close up to the audience transforming and creating tension in the scenic space at every moment, a protest that displaces reality in the scene. The play, which happens in the borderline of performance and theatre, it's a fight-dance, a collective chorus built from the experience of struggle and affection of each performer and their relationship with the places they live in.15 insurgent bodies move in scene sharing their experience of occupying high schools over months, creating a collective and common narrative from the perspective of those who lived this movement- from inside and outside - from classroom to protest to occupation.
Using art as a combat tool and the desire to create other perspectives of stories that are nearly always marginalized, they connect with their ancestry through music, singing, theatre, dance and visual arts, generating a collectivity that is strong, from the ground up.

QUANDO QUEBRA QUEIMA es un acto, fiesta, manifestación que sucede cerca del público, transformando y tensionando en todo momento el espacio de la escena, como una protesta que traslada lo real a la escena. La obra, que se encuentra en el límite entre la performance y el teatro, es una “danza-lucha”, un coro colectivo construido a partir de la experiencia de lucha y afecto de cada intérprete y su relación con los espacios en los que viven, 15 cuerpos insurgentes se trasladan a la escena la experiencia que tuvieron dentro de las escuelas ocupadas durante meses, creando una narrativa colectiva y común desde la perspectiva de quienes vivieron la vida cotidiana de este movimiento por dentro y por fuera, reviviendo el camino desde el interior del aula hasta las manifestaciones y ocupaciones. Utilizando el arte como herramienta de lucha, en el afán de crear otras perspectivas sobre historias marginadas en el día a día, se encuentra la ascendencia a través de la música, el canto, el teatro, la danza y las artes visuales, generando una colectividad más fuerte de abajo hacia arriba.

Ficha Técnica  Credits

Criação e performance: Abraão Santos, Alicia Esteves, Alvim Silva, André Dias Oliveira, Ariane Fachinetto,
Beatriz Camelo, Gabriela Fernandes, Heitor de Andrade, Ícaro Pio, Letícia Karen, Lilith Cristina
Marcela Jesus, Matheus Maciel, Mel Oliveira, Pedro Veríssimo.
Direção: Martha Kiss Perrone.
Som/performance/live: André Dias Oliveira, Heitor de Andrade
Produção: Otávio Bontempo

Vídeo

Siga os artistas  Follow the artists

face_logo.png
Insta_logo.png